topo_interior_01
 
 

FALE CONNOSCO

| Links

BOLSAS SOCIAIS EPIS PARA ALUNOS DE TODO O PAÍS Candidaturas até 18 de setembro de 2017

A EPIS lança hoje a 7.º edição das Bolsas EPIS. O programa de Bolsas Sociais EPIS tem uma cobertura nacional - todas as escolas e alunos de Portugal podem candidatar-se -, e em 2017 representa um investimento global de mais de 53.000€, que compara com 43.600€ em 2016 (+22%).

Esta edição tem uma nova categoria – Amigos EPIS –, destinada a pequenos doadores individuais ou coletivos.

Todas as pessoas ou entidades interessadas poderão fazer donativos para estas bolsas, a partir de um valor mínimo de 50€. Este ano, esta nova categoria premiará o mérito académico de alunos que terminaram o 9.º ano de escolaridade nos concelhos de Pedrogão Grande, Góis, Castanheira de Pêra e Pampilhosa da Serra.

Se tiver interesse em fazer parte desta ajuda, mande um email para geral@epis.pt.

O programa conta, em 2017, com 15 entidades investidoras: BP Portugal, Cofaco Açores, Deloitte, Fertagus, Fundação AGEAS – Agir com coração, Fundação Galp Energia, Fundação GlaxoSmithKline, Fundação Oriente, Grupo Generg, Grupo Pestana, Servier, Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol, Soroptimist International Clube Lisboa Caravela, VHumana e Vitacress.

A 7.ª edição das Bolsas Sociais EPIS continua a representar um importante crescimento do programa:

• Nova categoria aberta a pequenos doadores individuais e coletivos;

• Recorde de 15 investidores sociais e 3 pequenos doadores individuais (à data de 24 de julho);

• Recorde de 16 categorias de atribuição;

• Recorde de 39 alunos a premiar;

• Recorde de investimento social de 53.400€.

Em 2017, haverá 16 categorias de bolsas a atribuir, envolvendo processos de candidatura e critérios de seleção distintos:

Boas práticas organizativas de promoção da inclusão social

CATEGORIA 1. BP Portugal e Servier. Boas práticas organizativas de promoção da inclusão social em escolas do Continente, Açores e Madeira, com Ensino Secundário ou com cursos profissionais de nível de qualificação equivalente. Premiadas 2 escolas, cada uma com 2 bolsas de 400€, durante 3 anos, destinadas a apoiar alunos que estejam a iniciar estudos no 10.º ano de escolaridade, ou equivalente, em 2017/2018.

CATEGORIA 2. Deloitte e VHumana. Boas práticas organizativas de promoção da inclusão social de jovens carenciados e/ou em abandono escolar através da Educação, Formação e Inserção Profissional. Premiadas 2 entidades/instituições de qualquer tipo, cada uma com 2 bolsas de 400€, durante 3 anos, destinadas a (1) apoiar alunos carenciados e/ou com histórico de abandono no seu percurso educativo, formativo ou de inserção profissional em 2017/2018 ou (2), por decisão excecional do Júri, apoiar o lançamento ou expansão de projetos relacionados de elevado mérito.

Mérito académico no 9.º ano de escolaridade

CATEGORIA 3. AMIGOS EPIS*: Mérito académico de alunos do 9.º ano de escolaridade nos concelhos de Pedrogão Grande, Góis, Castanheira de Pêra e Pampilhosa da Serra.

Premiado com 1 bolsa de 400€, durante 3 anos, 1 ou mais alunos de escolas do concelho de Pedrogão Grande, Góis, Castanheira de Pera ou Pampilhosa da Serra, que tenham terminado o 9.º ano de escolaridade com sucesso em 2016/2017 e que estejam a iniciar estudos no 10.º ano de escolaridade, ou equivalente, em 2017/2018.

Esta categoria está aberta a novos doadores individuais ou coletivos até ao fim das candidaturas, em 18 de setembro. Todas as pessoas ou entidades interessadas em fazer donativos para estas bolsas devem enviar um e-mail para geral@epis.pt , indicando o valor do donativo pretendido e os dados de identificação básica. O valor mínimo de donativo é de 50€. Por cada 1.200€ (400€x3) de donativos acumulados, a EPIS criará 1 nova bolsa para esta categoria. No final do prazo, a EPIS assumirá o valor em falta para que os últimos donativos correspondam também a uma nova bolsa no valor de 1.200€.

*Amigos EPIS à data de 24 de julho de 2017: Diogo Simões Pereira, Andreia Jaqueta Ferreira e Susana Lavajo Lisboa asseguraram 1 bolsa para 1 aluno.

CATEGORIA 4. Santander Totta. Mérito académico de alunos do 9.º ano de escolaridade em escolas de todo o país. Premiados com 1 bolsa de 400€, durante 3 anos, 4 alunos de escolas de todo o país, que tenham terminado o 9.º ano de escolaridade com sucesso em 2016/2017 e que estejam a iniciar estudos no 10.º ano de escolaridade, ou equivalente, em 2017/2018.

CATEGORIA 5. Grupo Generg. Mérito académico de alunos do 9.º ano de escolaridade nos concelhos de Castelo Branco e de Oleiros. Premiados com 1 bolsa de 400€, durante 3 anos, 4 alunos de escolas dos concelhos de Castelo Branco e Oleiros que tenham terminado o 9.º ano de escolaridade com sucesso em 2016/2017 e que estejam a iniciar estudos no 10.º ano de escolaridade, ou equivalente, em 2017/2018.

CATEGORIA 6. Fundação AGEAS. Mérito académico de alunos do 9.º ano de escolaridade nos concelhos de Amadora e de Gondomar. Premiados com 1 bolsa de 400€, durante 3 anos, 3 alunos de escolas dos concelhos de Amadora e Gondomar que tenham terminado o 9.º ano de escolaridade com sucesso em 2016/2017 e que estejam a iniciar estudos no 10.º ano de escolaridade, ou equivalente, em 2017/2018.

CATEGORIA 7. Cofaco Açores. Mérito académico de alunos do 9.º ano de escolaridade nas Ilhas de São Miguel e do Pico, Açores.

Premiados com 1 bolsa de 400€, durante 3 anos, 2 alunos de escolas das Ilhas de São Miguel e do Pico, Açores, que tenham terminado o 9.º ano de escolaridade com sucesso em 2016/2017 e que estejam a iniciar estudos no 10.º ano de escolaridade, ou equivalente, em 2017/2018.

CATEGORIA 8. Fertagus. Mérito académico de alunos do 9.º ano de escolaridade nos concelhos de Almada e Seixal. Premiados com 1 bolsa de 400€, durante 3 anos, 2 alunos de escolas dos concelhos de Almada e Seixal, que tenham terminado o 9.º ano de escolaridade com sucesso em 2016/2017 e que estejam a iniciar estudos no 10.º ano de escolaridade, ou equivalente, em 2017/2018.

CATEGORIA 9. Fundação Galp Energia. Mérito académico de alunos do 9.º ano de escolaridade nos concelhos de Matosinhos e Sines. Premiados com 1 bolsa de 400€, durante 3 anos, 2 alunos de escolas dos concelhos de Matosinhos e Sines, que tenham terminado o 9.º ano de escolaridade com sucesso em 2016/2017 e que estejam a iniciar estudos no 10.º ano de escolaridade, ou equivalente, em 2017/2018.

CATEGORIA 10. Fundação GlaxoSmithKline das Ciências de Saúde. Mérito académico de alunos do 9.º ano de escolaridade no concelho de Oeiras. Premiados com 1 bolsa de 400€, durante 3 anos, 2 alunos de escolas do concelho de Oeiras que tenham terminado o 9.º ano de escolaridade com sucesso em 2016/2017 e que estejam a iniciar estudos no 10.º ano de escolaridade, ou equivalente, em 2017/2018.

CATEGORIA 11. Fundação Oriente. Mérito académico de alunos do 9.º ano de escolaridade com origem no sul, sudeste e extremo oriente asiático. Premiados com 1 bolsa de 400€, durante 3 anos, 2 alunos com origem no Bangladesh, Camboja, China, Coreia do Norte, Coreia do Sul, Índia, Indonésia, Japão, Laos, Mongólia, Malásia, Myanmar, Nepal, Paquistão, Singapura, Tailândia, Timor e Vietname, a estudar em Portugal há mais de 3 anos, que tenham terminado o 9.º ano de escolaridade com sucesso em 2016/2017 e que estejam a iniciar estudos no 10.º ano de escolaridade, ou equivalente, em 2017/2018.

CATEGORIA 12. Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol. Mérito académico de alunos do 9.º ano de escolaridade que estejam a ingressar em cursos da área de Desporto. Premiados com 1 bolsa de 400€, durante 3 anos, 2 alunos que tenham terminado o 9.º ano de escolaridade com sucesso em 2016/2017 e que estejam a iniciar estudos no 10.º ano de escolaridade, ou equivalente, em 2017/2018, na área de Desporto.

CATEGORIA 13. Vitacress. Mérito académico de alunos do 9.º ano de escolaridade nos concelhos de Odemira (Beja) e Loulé (Faro). Premiados com 1 bolsa de 400€, durante 3 anos, 2 alunos de escolas do concelho de Odemira ou de Loulé que tenham terminado o 9.º ano de escolaridade com sucesso em 2016/2017 e que estejam a iniciar estudos no 10.º ano de escolaridade, ou equivalente, em 2017/2018.

Mérito académico no 12.º ano de escolaridade

CATEGORIA 14. Grupo Pestana. Mérito académico de alunos do 12.º ano de escolaridade que ingressem em cursos pós-secundário (CET’s ou cursos de ensino superior). Premiados com 1 bolsa de 800€, 3 alunos prioritariamente acompanhados pela EPIS no programa “Mediadores para o sucesso escolar”, que tenham terminado o 12.º ano de escolaridade com sucesso em 2016/2017 e que estejam a iniciar estudos pós 12.º ano de escolaridade em 2017/2018.

CATEGORIA 15. Soroptimist International Clube Lisboa Caravela - Dra. Lénia Godinho Lopes, Advogada e Membro da Soroptimist International. Mérito académico de alunas do 12.º ano de escolaridade que ingressem no ensino superior. Premiada com 1 bolsa de 1000€, durante 3 anos, 1 aluna prioritariamente acompanhada pela EPIS no programa “Mediadores para o sucesso escolar”, que tenha terminado o 12.º ano de escolaridade com sucesso em 2016/2017 e que esteja a iniciar estudos na universidade em 2017/2018.

CATEGORIA 16. Fundação GlaxoSmithKline das Ciências de Saúde. Mérito académico de alunos do 12.º ano de escolaridade que ingressem em cursos de Ciências da Vida e da Saúde no ensino superior. Premiado com 1 bolsa de 800€, 1 aluno ou aluna, durante 3 anos, que tenha terminado o 12.º ano de escolaridade com sucesso em 2016/2017 e que esteja a iniciar estudos na universidade em 2017/2018.

Em anexo segue o documento com o regulamento das Bolsas EPIS 2017 que estabelece as condições de acesso, os critérios de seleção e o processo e calendário de candidaturas para as Bolsas Sociais EPIS 2017-2020 e um documento de apoio com as questões e campos do formulário online.

As candidaturas devem ser submetidas diretamente no link:

>FOUMULÁRIO

Bom trabalho!

P’la Associação EPIS,